Hoje em dia, os automóveis vêm cada vez mais equipados com itens e recursos para facilitar a vida de quem está ao volante. Contudo, isso não é privativo dos nossos tempos. Confira a seguir dez acessórios que tinham os carros antigos e que podem surpreendê-lo.

1. Bar a bordo: os fabricantes de automóveis tiveram uma ideia muito transgressora na década de 50. O Cadillac ElDorado Brogham de 1957 guardava no seu portaluvas uma espécie de “mini-bar”. Será que naquela época não conheciam os perigos de consumir álcool ao volante?

A Compareemcasa te informa todos os dias com novos textos para que você esteja sempre atualizado com as novidades do mercado automotor. Veja como cotar, simular, comprar e cancelaro seu seguro de carros com a gente.

2. Cinto de segurança automático: pode não parecer novidades tão louca, porém, na década de 60 e 70 o cinto de segurança ainda não era um item obrigatório nos automóveis.

3. Toca-discos: em 1965 Chrysler incorporava em seus automóveis um toca-discos para discos de vinil de 7 polegadas (single). Após um ano, a brilhante ideia chegou ao fim. Os motivos? A escassa difusão desse formato e um inexistente controle de qualidade: que agulha poderia ter suportado os pulos e buracos nas estradas?

4. Faróis automáticos: desde a década de 60, as marcas Lincoln, Cadillac e Imperial já exibiam luzes e faróis automáticos.

5. “Despertador” metálico: colocado embaixo do queixo do condutor, uma espécie de gongo de metal começava a tocar e evitava que a pessoa que estivesse ao volante fosse vencida pelo sono.

6. Adesivos “delatores”: caveiras ou mensagens como “I park like a idiot” (eu estaciono que nem um idiota) já eram comuns nos paralamas dos carros nos anos 30.

7. Assento para cães: como levar o cachorrinho no carro já era uma preocupação para os fabricantes de veículos seis décadas atrás.

8. Televisores: para vencer seu concorrente, o Porsche 914, em 1970 o Lamborghini Espada S2 foi lançado no mercado com um televisor em seu interior.

9. Estojo de primeiros socorros: mesmo sem ser um acessório obrigatório, na década de 90 existiam vários modelos de carro que tinham um kit de primeiros socorros.

10. Umidor de charutos: uma luxuosa caixa que guardava três charutos na temperatura e na umidade ideal foi a novidade que durante algum tempo o Rolls-Royce Phantom levava no porta-luvas.