3.9988 de 828 votos | Puntaje Máximo: 5

A perda total é uma avaria tão grave que impede que o automóvel volte a ser conduzido e ocorre quando há uma destruição de ao menos 75% do valor do carro. Se este tipo de avaria ocorrer, o segurado terá direito a receber a indenização do valor total do veículo. Também será o caso de indenização integral quando o veículo for furtado ou roubado.

O prazo para a seguradora de carros indenizar o consumidor na hipótese de perda total é de 30 dias após ter sido entregue toda a documentação exigida na apólice da companhia de seguros de carros . Se o prazo não for respeitado, deverão ser aplicados juros sobre o valor a ser pago, desde o dia em que ocorre o inadimplemento.

É importante ficar atento, pois o prazo começa a contar desde o dia em que todos os documentos exigidos são entregues e não desde a data do acidente do automóvel. Assim, é importante entregar toda a documentação o mais rápido possível, somente desta maneira o segurado garantirá que o pagamento da indenização ocorra rapidamente.

No momento de entrega da documentação, a companhia deverá verificar se o segurado entregou todos os documentos solicitados. Caso falte algum documento, a seguradora de carros deverá comunicar ao consumidor para que ele providencie os documentos faltantes.

Um vez entregues todos os documentos o prazo para pagamento começa a correr. Se por acaso houver necessidade de complementação com novos documentos, o prazo ficará suspenso e voltará a correr a partir do dia em que o novo documento for entregue pelo segurado.

Algumas apólices de seguros de carros podem indicar prazos menores para o pagamento da indenização e esse prazo também deverá ser respeitado pela seguradora, caso contrário, deverão ser aplicados juros sobre o valor a ser pago, a partir do momento em que o prazo disposto no contrato tenha encerrado.

Entre em Segurosemcasa.com.br para encontrar o melhor seguro para seu carro comparando online várias seguradoras