5.0 de 1 votos | Puntaje Máximo: 5

Fumaça branca que sai pela chaminé da Capela Sistina é sinônimo de alvoroço para qualquer católico ou crente: Habemus papa! Já se o cano de escape do seu carro estiver soltando alguma fumaça, saiba que há algo errado. O escapamento de um veículo pode expelir três diferentes cores de fumaça. Através da cor é possível identificar onde está o problema. A seguir, saiba o que seu carro está querendo lhe dizer, segundo o tipo de fumaça que sai pela tubulação:

FUMAÇA AZULADA
O piloto Oswaldo Negri simplifica o assunto da seguinte maneira: “A fumaça azul é uma fumaça que você não quer ver no seu carro”. O motivo? A fumaça azulada indica que existe uma queima de óleo; este óleo vaza pelo anel do pistão e representa um perigo muito grande para o motor do veículo.

Com o tempo e com os quilômetros rodados, o motor se desgasta e pode apresentar folgas. Isto faz o motor queimar lubrificantes, soltando assim uma fumaça azulada. Outra causa pode ser a presença de retentores ou lubrificantes velhos, de má qualidade ou inadequados para o motor. O óleo velho também pode ser o causador da fumaça azul no escapamento.

FUMAÇA BRANCA: em dias frios é comum a presença de fumaça branca ao ligar o motor, já que é sinal de condensação do ar. Contudo, ela deve parar em seguida. Se for uma fumaça excessiva ou aparecer em dias quentes, isto pode representar a queima do líquido de arrefecimento (água do radiador) dentro da câmera de combustão. Nesse caso, verifique se o nível de água está baixando. Se a água sumir pelo sistema de arrefecimento e estiver saindo fumaça esbranquiçada, saiba que o cilindro está queimando água junto com a mistura. Isto pode acontecer por problema de junta.

FUMAÇA PRETA: A presença da fumaça preta indica que há uma queima de combustível no escapamento. A causa pode ser um filtro de ar muito sujo (impedindo a respiração do motor), um carburador desregulado ou problemas em alguma parte da injeção eletrônica. Esses problemas produzem um excessivo consumo de combustível, carbonização nas velas de ignição, além de poluir o ambiente e afetar o desempenho do veículo.