Quando adquirimos um seguro de carros , é importante esclarecer todas as dúvidas a respeito do funcionamento e as condições da apólice. Por exemplo, uma dúvida comum entre a maioria dos motoristas é: Alterações no meu veículo prejudicam o meu seguro? A resposta é categórica: Sim, alterações no carro podem resultar na perda do direito à indenização. Por quê?

Segundo as Condições Contratuais, o segurado está obrigado a comunicar qualquer fato ou alteração a respeito do veículo segurado durante a vigência da apólice. Quais as alterações que o segurado deverá comunicar à empresa? Confira a seguir o Manual do Segurado:
“Alterações no Veículo Segurado
O Segurado obriga-se a comunicar à Seguradora, imediatamente e por escrito, qualquer fato ou alteração verificada durante a vigência do presente Contrato de Seguro e respectiva Apólice com referência ao veículo segurado, especialmente:
a) contratação ou cancelamento de qualquer outro seguro, de qualquer tipo, sobre o veículo segurado objeto do presente Contrato;
b) transferência de posse ou propriedade do veículo segurado (prazo máximo de 30 dias);
c) alterações no uso e guarda do veículo segurado, assim como quaisquer modificações que venham a ser realizadas no mesmo e que possam agravar o risco representado pelo veículo à Seguradora.”

Agora vamos focar a nossa análise no item c). O que significa “agravar o risco”? Agravamento de risco trata-se de uma circunstância posterior à aquisição da apólice, que aumenta a probabilidade de ocorrência de sinistro (por exemplo, instalação de kit-gás). Nesse caso, existem duas possiblidades: em primeiro lugar, mesmo que o segurado tenha comunicado o fato, a seguradora pode não concordar com o agravamento do risco e cancelar a apólice. Em segundo lugar, o segurado pode omitir intencionalmente al alteração feita no veículo. Nesse caso, ele perde automaticamente o direito a indenização, terá o contrato de seguro rescindido e ainda deverá quitar as parcelas faltantes.

Portanto, se existir a possiblidade de realizar alguma modificação no seu veículo, busque sempre as orientações do seu corretor. Desta forma, você evitará surpresas desnecessárias ou situações constrangedoras na hora de utilizar o seu seguro auto .